Pesquisar
Close this search box.

Zaytún: Descubra a autêntica e saborosa culinária libanesa em São Paulo

Pedro Hering

A proposta do restaurante Zaytún (azeitonas em árabe) é oferecer uma experiência gastronômica baseada na tradição libanesa, além de apresentar uma variedade de pratos que refletem essa cultura. 

Elie Rafael, idealizador e proprietário, é nascido no Brasil e criado no Líbano e sempre teve amor pela culinária autêntica de seu país. Ao longo de sua vida profissional teve diversas oportunidades de trabalhar com gastronomia, aprimorando suas habilidades e seu ponto alto foi em Dubai onde teve um delivery com público fiel expandindo seus horizontes. A virada foi em 2020 em uma viagem ao Brasil.  A pandemia e fronteiras fechadas fizeram com que ele e sua esposa Elise empreendessem, dando origem ao Zaytún.

O cardápio conta com ampla seleção de pratos tradicionais, incluindo as clássicas esfihas de diversos sabores, os kibes com destaque para o cru, o churrasco libanês, os bowls saudáveis, os wraps e também os hambúrgueres. 

Destaque para os Bowls de shawarma de carne (Base de salada fatouche, tiras de file mignon marinados à moda libanesa, homus, batata doce assada e molho tahini), Sambusek Frito ou assado de carne (Premiado pastelzinho assado de carne ao modo libanesa), Arais Kafta (pão libanês recheado com kafta e queijo, Hallumi Grelhado (queijo branco típico grelhado e servido com uma pitada de Zaatar e tomate).

Já nas sobremesas típicas, podemos citar as Kunafa, uma especialidade da casa, e Baklava (massa folhada crocante, recheada com nozes e pistache, coberta com uma deliciosa calda de mel). Salivei.

Ambience
Elie Rafael, idealizador e proprietário do restaurante libanês mais cool de São Paulo
Babaganuche Zaytãn
Detalhe do design de interiores do Zaytãn
Bowl de Falafel
Como entrada quente sugiro este Sambussek assado, premiado pastelzinho de carne à moda libanesa
Esfirra com ovo na massa
Mishui de carne e frango Zaytãn
Uma especialidade da casa é o Kunafa composto por semolina, queijo e pistache, assada no forno a lenha e acompanhado por sorvete
Para um final feliz a minha sugestão é este ninho de pistache com sorvete
Escape Magazine
Escape Magazine