Pesquisar
Close this search box.

A arquitetura do explora Valle Sagrado

Explora Valle Sagrado, localizado nas margens do rio Urubamba entre Cusco e Machu Picchu, vai abrir as suas portas aos viajantes no dia 01 de Julho de 2016.

Desde a criação do explora, a arquitetura tem desempenhado um papel decisivo na experiência dos viajantes na região do Valle Sagrado, em Cusco no Peru, guiando-os na descoberta de cada destino. Além disso, e como parte da filosofia desta empresa de explorações, cada um dos seus hotéis procura realçar a beleza do lugar em que se localiza, e explora Valle Sagrado não é diferente.

Para o arquiteto do projeto José Cruz Ovalle, o Vale Sagrado dos incas “é natureza enobrecida pela mão do homem durante séculos, com obras, traços e ruínas, nos quais é possível perceber a mistura e harmonia entre as dimensões que pertencem ao trabalho da terra, como as plataformas Incas (presentes no terreno do hotel), até aquelas de ordem sagrada”; é nesse sentido que, tanto a localização do hotel como o seu projeto, serão marcantes na experiência dos visitantes.

O explora Valle Sagrado possui 50 quartos localizados em 4 blocos dispostos em plantações de milho de uma das fazendas mais remotas da região: um terreno de 27 hectares em Urquillos, berço da maior exploração agrícola dos Incas. Todos os quartos têm vista para as plantações de milho e as poderosas montanhas que uma vez acolheram a mais importante civilização pré-colombiana.

Com estas vistas e caminhando em volta do hotel, entre as paredes Incas recuperadas pelo explora, os  viajantes poderão imaginar como era a vida há mais de 500 anos atrás e como eles conseguiram encaixar os blocos de pedra sem nenhum espaço entre si.

Durante o processo de construção do hotel, foram descobertos pedaços de história das quais o hotel iniciou um processo de manutenção. Preocuparam-se em recuperar os terraços Incas desgastados pela passagem do tempo, desenterraram paredes com mais de 500 anos de história e revestiram o hotel no estilo da região, com uma mistura de lama e A Casa de Banhos Pumacahua, localizada perto do edifício principal e que será aberta em outubro 2016, é outro exemplo do legado histórico que existe na região e no hotel.

Este casarão colonial data do século XVII e pertenceu a um dos heróis da independência do Peru, o Inca Mateo Pumacahua. Segundo afirma José Cruz, nele “é dado algo próprio de América: a hibridação que aparece, após a fundação espanhola, entre a arquitetura Inca e a que trazem os colonos (…) onde os espanhóis construíram a obra por cima da mesma parede Inca da plataforma, tal como em Cusco”. No interior, o viajante pode admirar os frescos coloniais que estão sendo restaurados por profissionais.

Todo o trabalho que está sendo feito para a construção desse novo destino, foi realizado em parceria Instituto de Arqueologia do Peru, com o objetivo de preservar o patrimônio cultural e ancestral próprio da desta região.

explora Valle Sagrado Hotel

explora Valle Sagrado suite 1

explora Valle Sagrado suite 3

explora Valle Sagrado twin 2

explora Valle Sagrado twin 3

explora Valle Sagrado Hotel 2

Valle Sagrado 13

Valle Sagrado 12

Valle Sagrado 3

IMG_9875

IMG_9865

IMG_8790

IMG_8775

Saiba mais em www.explora.com.

Escape Magazine
Escape Magazine