Pesquisar
Close this search box.

Réveillon: BLOOM desembarca em Trancoso com uma fusão de música, arte e cultura

No dia 27 de dezembroTrancoso recebe a BLOOM (@bloom.musica.arte), um verdadeiro escape que conecta música, arte, cultura e pessoas.

Inspirado pelos rituais que permeiam a história da humanidade, como elos de uma cadeia que se estende através do tempo, a BLOOM convida as pessoas a se juntarem a uma jornada extraordinária. O evento proporcionará uma experiência singular, onde uma série de acontecimentos irão explorar e aguçar os sentidos e elevar as frequências. Um momento para celebrar a liberdade, a expansão e a reconexão emocional e espiritual.

Não por acaso, o local escolhido foi Trancoso. Para muitos, a pacífica vila à beira-mar, aninhada entre as palmeiras e as ondas suaves do oceano, tem uma atmosfera mágica. E a data (27/12) não poderia ser mais propícia: lua cheia, pleno verão e as pessoas cheias de energia se preparando para a chegada de um novo ano. 

BLOOM – idealizada pelos empresários Luiz Eurico, Marcelo Raimondi, Kaco Duarte e Bruno Vieira – cuidou de cada detalhe para que a experiência seja inesquecível.

Luiz Eurico

Além de uma programação excepcional, o evento destaca a arte do renomado artista, escultor e designer Hugo França, que traz vida aos resíduos florestais, transformando-os em esculturas mobiliárias puramente exclusivas, além de curadorias gastronômica – fomentando os empreendedores locais; e de drinks alcoólicos e não  alcoólicos, com receitas criadas especialmente para o evento, que promovam bem-estar, saúde e energização; moda, artesanato e arte – cuidadosamente pensado em produtos que não degradam o meio ambiente; e pinturas faciais, inspiradas em cerimônias de diversas culturas. 

A programação

A programação começa às 22 horas e segue com apresentação do DJ espanhol Joselito, que construiu carreira musical entre Londres, Berlim, Tulum e Ibiza – onde é residente do Beachouse desde 2018. Ele chega com músicas vibrantes para dar início a um caminho sonoro e harmônico. 

À meia-noite acontece o Ritual do Fogo Sagrado: incensos, aromas e ritmos, voltados para a limpeza energética, marcam a abertura oficial da BLOOM. A intenção é criar uma conexão entre os presentes, rompendo as fronteiras do indivíduo, através da energia ilimitada do coletivo.  As pessoas serão guiadas pelos xamãs para a passagem por este portal.

Logo depois entra em cena Luís Casanova Sorolla:  o artista peruano multidisciplinar, que vive entre as cidades de Viena e Arraial D’Ajuda, desenvolveu uma técnica de impressão onde os movimentos do corpo através da dança e da música, apoiados em performances ao vivo,  são traduzidos para o papel. A noite conta ainda com apresentação  da dançarina afro Tati Campêlo.

Luiz Eurico, que é nome respeitado no cenário da música eletrônica, assume a discotecagem na sequência. Ele também é sócio-fundador da famosa festa  Réveillon do Taípe, que acontece  há 24 anos em Trancoso, onde sempre se apresenta na hora em que o sol nasce no horizonte do oceano.

Joselito volta a se apresentar por mais uma hora.

Em seguida é a vez da  DJ alemã Jamiie trazer sets melódicos que despertam a energia rítmica, percussiva e espiritual.

O segundo ritual, batizado de Ritual da Árvore do Renascimento, tem hora marcada para começar às 3h30 da madrugada. Uma instalação, no centro da BLOOM, feita a partir de resíduos florestais sobrepostos darão origem à árvore do renascimento.  O momento é um convite para que todas  as pessoas se reúnam ao redor da árvore e sejam embalados pelo som ritmado e eufônico.

Para encerrar, Junior C assume o comando da cabine às 3h40 e vai até às 5h da manhã. O DJ brasileiro já levou seu set aos quatro cantos do mundo; a técnica aliada ao feeling musical permite que o artista explore a versatilidade e  comande a pista com sets memoráveis. 

A primeira edição da BLOOM promete fazer história! 

@bloom.musica.arte

Escape Magazine
Escape Magazine