Pesquisar
Close this search box.

Mulheres representam 54% de todos os anfitriões no Airbnb; veja pesquisa

As hóspedes também colaboram para a redistribuição do turismo no Brasil e além das grandes cidades, as viajantes estão explorando destinos não urbanos, como Itabuna, na Bahia, e Miguel Pereira, no Rio de Janeiro.

O Airbnb revela o perfil das viajantes e reconhece a importância das anfitriãs para contribuir com que hóspedes tenham experiências únicas de viagem. Como hóspedes, as mulheres são destaque no Airbnb. Em 2023, São Paulo foi o destino doméstico mais reservado por hóspedes brasileiras na plataforma. Aparecem ainda na lista o Rio de Janeiro, Florianópolis, Brasília e Curitiba. No entanto, as viajantes também estão explorando destinos não urbanos, colaborando com a redistribuição do turismo e para que mais cidades brasileiras recebam os benefícios do turismo.

Em 2023, os destinos domésticos em alta para hóspedes mulheres no Airbnb incluíram:

  • Itabuna, Bahia
  • Caçador, Santa Catarina
  • Campo Mourão, Paraná
  • Miguel Pereira, Rio de Janeiro; e
  • Passos, Minas Gerais

As mulheres entre 30 e 39 são as que mais reservaram no Airbnb no Brasil em 2023. Entre todas as faixas etárias, uma pesquisa recente do Airbnb mostra que, neste mesmo ano, mais de 25% das mulheres na plataforma exploraram o mundo sozinhas em viagens. O produto de segurança para quem viaja sozinho do Airbnb, disponível em 50 idiomas, incluindo o português, é uma ferramenta que colabora para que as viajantes se sintam ainda mais seguras enquanto exploram o mundo por conta própria. Os destinos internacionais mais reservados pelas brasileiras no Airbnb em 2023 incluem Buenos Aires, Paris e Lisboa.

Divulgação Airbnb

Seja no Brasil ou no exterior, as Categorias Airbnb são tanto uma forma de encontrar acomodações específicas quanto para inspirar as hóspedes enquanto elas descobrem que tipo de espaço desejam. Entre as brasileiras, em 2023, as categorias mais reservadas foram Cidades Famosas, Praia e Piscinas Incríveis.

Já os Preferidos dos Hóspedes, uma coleção das 2 milhões de acomodações que fazem mais sucesso no Airbnb com base em avaliações, comentários e confiabilidade ajudam as hóspedes no momento da busca pela acomodação ideal para elas. No Brasil, 55% dos Preferidos dos Hóspedes são acomodações anunciadas por anfitriãs mulheres.

Reconhecendo as anfitriãs brasileiras

O sucesso do Airbnb depende diretamente da atuação dos anfitriões na plataforma, que disponibilizam suas acomodações para uma média de quase 1 milhão de hóspedes todos os dias. Entre eles, as mulheres têm cada vez mais destaque e são a maioria, representando 54% do número total de anfitriões na plataforma no Brasil. São histórias inspiradoras de mulheres que encontraram no Airbnb uma oportunidade de empreender e obter renda extra para apoiar suas famílias e alcançar objetivos e sonhos.

Divulgação Airbnb

A Dandara, de Maceió, é uma delas. A história da alagoana com a plataforma iniciou como hóspede durante suas viagens e, quando voltava, contava as experiências positivas na plataforma para Carmem, sua mãe. Não demorou muito para que as duas se tornassem anfitriãs na plataforma, disponibilizando, no Airbnb, o quarto que um dia foi do irmão de Dandara.

Hoje, Dandara vive com sua família – seu marido e a border-collie Maya – em um apartamento não muito longe dali e seu antigo quarto também passou a ser compartilhado na plataforma. Como sua mãe, hoje ela vive exclusivamente da renda obtida ao disponibilizar os quartos na plataforma. “Toda vez que um hóspede deixa o apartamento, fico na janela esperando ele ir embora em segurança. E quando ele finalmente entra no carro, ligo para a Dandara avisando que deu tudo certo”, explica Carmem. Dandara, além do status de Superhost, também é líder do clube de anfitriões de Maceió, o que, segundo ela, faz com que se sinta uma parte mais representativa da sua cidade e comunidade.

A maranhense Marlene, que mora em Brasília, trabalhou por 20 anos como camareira em hotéis na Capital Federal até ter sua vida mudada pelo Airbnb. Ela conheceu um hóspede que era anfitrião no Airbnb e a convidou para cuidar da limpeza de uma acomodação. Hoje, ela é proprietária de uma empresa de limpeza que tem seis funcionários e também compartilha, como anfitriã, um dos quartos de sua casa.

Com as oportunidades conquistadas desde então, Marlene fica feliz em contar que já conseguiu realizar alguns sonhos, como alugar uma casa no bairro que desejava, levar a filha para andar de avião, comprar um carro e, o maior deles – comprar uma casa para a mãe. “Com o meu negócio, eu vi que posso melhorar não só a vida da minha família, mas também a vida das famílias daqueles que trabalham comigo”, comemora.

Escape Magazine
Escape Magazine