Pesquisar
Close this search box.

PEDRO HERING: CHIQUERIA ELEVADA À ENÉSIMA POTÊNCIA COM BLACK COFFEE NO SURREAL EM CAMBORIÚ

Por Pedro Hering

No último sábado eu fui até o Surreal Park, o meu novo clube do coração localizado em Camboriú (SC), para uma noite muito especial. O grande nome da festa era o DJ, produtor e compositor sul africano Black Coffee, que em 2022 ganhou o Grammy Awards na categoria Melhor Álbum de Dance/Eletrônica.

O artista confirmou porque é um dos nomes mais influentes da cena eletrônica, tocando por duas horas e deixando a audiência em êxtase. Seu set incluiu remixes de tracks como “Banho de Folhas” de Luedji Luna, “Pontos de Exclamação” de Jovem Dionisio e “Abençoado” do meu amigo de longa data e proprietário do Surreal Park Renato Ratier. Mais no final do set Black Coffee tocou trechos de “Billy Jean” de Michael Jackson, “Show me Love” da Robin S. e “One More Time” do Daft Punk permeadas por nada menos que “Music Sounds Better With You”, um clássico de Stardust que por aquelas sinergias da vida eu havia postado em meu Instagram dias antes o CD original. Definitivamente Black Coffee arrasou. Após ele um back3back de 5 horas entre Ratier, Drunky Daniels e Traumer fechou a noite, ou melhor, a manhã de domingo, em altíssimo nível. Definitivamente uma noite para guardar com muito carinho na minha memória.

Ah, não posso deixar de registrar a quantidade de gente linda por metro quadrado, surreal. Aqui algumas imagens feitas por Cassiano Vargas, João Neto e por mim.

Milhares de pessoas foram até o Surreal Park, meu novo clube do coração, conferir o talento de Black Coffee
Ratier e Drunky Daniels em registro feito por mim durante o back2back dos dois after Black Coffee
O Big Boss do Surreal Park Renato Ratier tocou por cinco horas ao lado de Drunky Daniels e Traumer após a gig de Black Coffee
Sheila Costa
Traumer também tocou na tenda Nomad
Ana Luiza Ortega
Anna Luiza Mello e Ana Clara Visoli
Outro momento do show de Black Coffee
Escape Magazine
Escape Magazine