Pesquisar
Close this search box.

Lepos Bar: a união da coquetelaria premiada, alta gastronomia e ambiente intimista em São Paulo

Com menos de um ano de existência, o Lepos Bar, nova proposta gastronômica do bairro Campo Belo, zona sul de São Paulo, já é destaque entre os entusiastas da alta gastronomia. Principalmente para os amantes de drinks diferenciados, o local é perfeito para um bom happy hour entre amigos, encontros e até mesmo para os que estão cansados da rotina maçante e prezam por momentos com a própria companhia. Mesmo com pouco tempo de funcionamento, a casa foi destaque pela sua premiada carta de drinks e conquistou o Prêmio Excelência na Prazeres da Mesa 2023 sob a orientação de sua sommelier, Bia Amorim, e do chef de bar, Edgar Amorim.

Lepos Bar: a união da coquetelaria premiada, alta gastronomia e ambiente intimista
O chefe de bar, Edgar Amorim, ao lado da sommelier do Lepos Bar, Bia Amorim. – Foto: Julia Paiva / Escape Magazine.

O bar tem como proposta levar o cliente a uma imersão sensorial, como se fosse um hotel. Além das tradicionais mesas para dois ou seis lugares, há um enorme balcão de quartzito ônix translúcido iluminado por dentro, perfeito para observar o trabalho do bar, jogar conversa fora e aproveitar os destaques da casa.

Diversificado, sua extensa carta de bebidas foi pensada para todos os tipos de paladares. Ao todo, são mais de 15 rótulos de cervejas nacionais, artesanais e importadas, uma adega climatizada de vinhos com mais de 60 opções, além de 35 rótulos de whiskys do mundo inteiro. Vermutes, licores, amaros e saquês também estão presentes.

Entre os drinks, não só a apresentação chama atenção, mas também a criatividade atrás dos nomes de cada um deles. A Trilogia (R$79,00), por exemplo, são três drinks de 75ml que levam o número da casa (1078), o bairro (Campo Belo) e a região (Zona Sul). A ideia é tomar o primeiro gole de cada um seguindo a ordem de apresentação para uma experiência ainda mais completa. O 1078 é a base de whisky e ainda leva rum, vermute, cereja, frutas vermelhas e bitter em sua composição. Já o Campo Belo é um mix de sabores: gin, vermute, xarope de cupuaçu, sucos de limão, capim santo, abacaxi e tintura de coentro, formando uma explosão de sabores. Para finalizar, o incrível Zona Sul leva o paladar ao mundo dos cafés e apresenta whisky, licor 43, amaro averna, licor Tia Maria, café coado, cold brew, xarope de açúcar, bitter de cacau e limão. Os três levam mais de 24 horas para ficarem prontos.

Lepos Bar: a união da coquetelaria premiada, alta gastronomia e ambiente intimista
Trilogia (1078, Campo Belo e Zona Sul) – Foto: Julia Paiva / Escape Magazine

Outro destaque diferentão que vale a pena experimentar é o Arché (R$54,00), perfeito para os amantes de pistache. A base é feita com vodka Grey Goose La Poitre, pistache, limoncello, limão e xarope de flor de sabugueiro.

Lepos Bar: a união da coquetelaria premiada, alta gastronomia e ambiente intimista
Arché com pistache e limoncello – Foto: Julia Paiva / Escape Magazine

Seguindo a premissa dos bons drinks, o Lepos Bar também foca na culinária para celebrar momentos compartilhados. A boa pedida são bolinhos e empanadas para a entrada e o irresistível risoto de cogumelos feitos com shitaki, paris e shimeji para o prato principal. Para a sobremesa, nada como o tradicional cheesecake, com sabor equilibrado e textura perfeita. No entanto, como estão em constante mudança, alguns pratos são fixos e outros estão de passagem, em uma cozinha que vai se transformando de acordo com as estações, vontades e escutas dos clientes.

@leposbar

Julia Paiva
Julia Paiva