Pesquisar
Close this search box.

Como funcionam os eSIMS internacionais e como usar o mesmo número de celular em qualquer país?

Os viajantes brasileiros adoram explorar destinos internacionais. De acordo com um relatório recente realizado pela empresa americana Airbnb, os brasileiros aproveitam suas férias de verão no final do ano para visitar destinos como Miami (EUA), Lisboa (Portugal) e Londres (Reino Unido).

Antes de viajar para o exterior, é importante considerar alguns pontos para aproveitar ao máximo a viagem. Um deles é manter-se conectado em qualquer lugar e a qualquer momento, seja para compartilhar todas as experiências nas redes sociais, buscar rotas em aplicativos como Google Maps, manter-se em comunicação por mensagens ou chamadas, além de ter conexão à internet para acessar aplicativos bancários, buscar recomendações de lugares, verificar reservas no e-mail, entre muitas outras atividades.

Por essa razão, os eSIMs são uma das opções mais modernas para acessar a conectividade imediata no exterior.

Como funcionam os eSIMs, ou “chips virtuais”? 

Eles são cartões SIM eletrônicos padrão com os quais se pode ativar um plano de dados móveis sem a necessidade de usar um cartão SIM físico. Diversos dispositivos têm a opção de instalar múltiplos eSIMs em um único aparelho, o que os torna muito úteis ao viajar para o exterior, permitindo conectar-se à internet durante toda a estadia com o mesmo número de telefone.

De acordo com a Airalo, a primeira loja online de eSIMs do mundo, as instalações desse serviço por meio de seu aplicativo ou site aumentam consideravelmente durante o verão, o que indica que os viajantes precisam manter-se conectados durante suas viagens para outros países e estão em busca de opções.

Vantagens de usar um eSIM no exterior

Outra vantagem de usar um eSIM é a segurança, pois o usuário evita de se conectar a redes Wi-Fi nos aeroportos, o que expõe os dispositivos, assim como dados pessoais e informações importantes armazenadas no celular , a possíveis roubos.

Além disso, é importante considerar que os custos de roaming são bastante altos, e usar um eSIM pode evitar que sejam pagas contas exorbitantes no plano móvel quando retornar das férias.

Como instalar um eSIM sem mudar o número de telefone?

1.Baixe um aplicativo ou acesse uma loja online para adquirir um eSIM.

2.Verifique se o seu telefone é compatível com eSIM. No caso de dispositivos iOS, isso pode ser confirmado acessando as configurações, geral e, em seguida, verificando o código do país onde foi fabricado. Esse código deve aparecer na lista de países suportados, que é fornecida pelo eSIM antes da compra. Por exemplo, no caso da Apple, modelos do XR até o 15 Pro Max são compatíveis. No caso do Android, telefones como Samsung Galaxy, Google Pixel, Xiaomi Redmi Note, entre outros, são compatíveis. .

3.Selecione o pacote que melhor se adequa considerando os dias que você ficará no exterior, se vai visitar vários destinos, bem como a quantidade de megabytes que você precisa. Vale notar que a Airalo é uma das empresas que oferece opções personalizadas nas quais você pode escolher pacotes regionais, globais ou locais, bem como a duração entre 7, 15, 30 e 60 dias, selecionando a quantidade de megabytes desejada. Um serviço que nem todos os provedores de eSIM oferecem.

4.Após realizar o pagamento online, é hora de instalar o eSIM. Recomenda-se que você faça isso no dia anterior à sua viagem e em um local com uma conexão Wi-Fi estável para que o processo não seja interrompido.

5.Uma vez instalado, a recomendação é que, ao chegar ao seu destino, você acesse a rede celular do seu telefone e selecione o novo eSIM que estará disponível no seu dispositivo como principal, o que lhe dará conexão imediata. .

6.Quando retornar ao seu local de residência, basta alterar a configuração do eSIM para a do seu provedor regular.

Com um simples processo de instalação, bem como as vantagens oferecidas, os eSIMs permitem que o usuário aproveite viagens internacionais, compartilhando e se mantendo conectado em qualquer lugar do mundo.

Escape Magazine
Escape Magazine